POKÉMON GO, A CAÇADA COMEÇOU

POKEMON_PROJETOS_EVENTOSPOKÉMON Go é a nova febre do momento. É um jogo virtual que se relaciona com o real onde os jogadores “caçam” os Pokémons. A caçada acontece por toda a cidade. O objetivo é jogar as bolas nos bichinhos engraçados, alguns até maus, e capturá-los. O novo jogo é baseado em geolocalização e tem enlouquecido pessoas por todo o mundo. Nos lugares turísticos ou inusitados está lá a criaturinha escondida para não ser capturada. Quem chegar primeiro leva.

O Pokémon (monstro de bolso) é um desenho japonês que foi lançado como jogo pela Nintendo. Já foi muito famoso nos anos 90. O mais simpático deles, o Pikachou, virou camisetas, bonés, chaveiros, gorros e muito mais. Ele já estava quase virando retrô quando a Niatic com a Nintendo lançou o Pokémon Go.

MAS O QUE ISSO TEM A VER COM PROJETOS E EVENTOS??? 

O interessante desse jogo é que consegue fomentar o interesse de milhares de pessoas a ir a um determinado local só pra pegar o tal monstrinho. Em Nova York já tem restaurantes que estão atraindo os Pokemóns para com eles seus caçadores. E já tem gente aumentando o seu faturamento com isso.

Pensando comercialmente, vira um grande negócio a ser explorado, e com certeza já tem gente pensando muito. Pensar em como levar o público até o seu evento, ver o seu projeto. É um verdadeiro “mapa da mina” quando pensamos nas aplicações. E não só através deste jogo, mas de qualquer outro que seja criado e tenha apelo para conseguir fãs para o negócio.

Jogando mais uma lenhazinha aí pra você pensar trago a Gameficação para uma parceria com a Geolocalização. A gameficação é um termo usado para trazer em situações do dia a dia, da administração e até de projetos os conceitos dos jogos, do lúdico e assim criar um ambiente mais criativo, dinâmico e que incite a realização de atividades. Juntando estes dois podemos pensar em projetos e até eventos onde estas idéias sejam utilizadas.

Utilizar em uma feira de negócios por exemplo. A maior dificuldade é fazer com que o público visite todos os estandes e circule por todos os corredores. Não só pra melhorar o retorno dos expositores mas também para gerar mídia, credibilidade, mais clientes etc. Um jogo que tenha premiação através de pontuação conforme visitas é muitos mais interessante do que a maquininha que “lê o crachá”.

E pensando e pensando já estou aqui com mil idéias. Para shows, espetáculos, congressos, eventos beneficentes, turismo e muito mais. E você? Conta aqui no post qual foi a ideia que você acabou de ter. Aproveite para assinar minha lista e receber informações exclusivas que só compartilho lá.

E vamos compartilhar. Conhecimento tem que circular. <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *